segunda-feira, fevereiro 28

Correlações Ouro x Petróleo x Forex x Títulos

2.1 - O ouro



Antes de detalhes sobre a relação entre moedas e o ouro, vamos primeiro dizer que o ouro e o dólar americano não se dão muito bem.

Normalmente, quando o dólar sobre, o ouro cai e vice-versa.

A lógica tradicional aqui é que em épocas de instabilidade econômica, os investidores tendem a diminuir o dólar em favor do ouro.

Ao contrário de outros ativos, o ouro mantém seu valor intríseco, ou melhor, é o brilho natural!

Atualmente, a relação inversa entre o dólar e o ouro ainda permanece, embora a dinâmica por trás dela tenha mudado um pouco.

Pelo fato de o dólar ser considerado um "porto seguro", sempre que há problemas econômicos nos EUA ou em todo o globo, mais frequentemente os investidores não compram os dólares.

O inverso acontece quando há sinais de crescimento.

Dê uma olhada neste gráfico impressionante:





Atualmente, a Austrália é o terceiro maior escavador de ouro do mundo. Queremos dizer, o terceiro maior produtor de ouro do mundo, vendendo cerca de $ 5 bilhões do tesouro amarelo cada ano!

Historicamente, AUD/USD teve uma correlação de 80% com o preço do ouro.

Agora veja outro:



Através dos sete mares, a moeda da Suíça, o franco suíço também tem uma forte ligação com o ouro. Usando o dólar como moeda-base, o USD/CHF geralmente sobe quando o preço do ouro cai.

Por outro lado, quando o par cai o preço do ouro sobe. Ao contrário do dólar australiano, a razão pela qual os movimentos de francos suíços é inversa ao preço do ouro é que mais de 25% do dinheiro da Suíça é apoiado em reservas de ouro.

Isso não é incrível?

A relação entre as moedas e o ouro é apenas um dos muitos que vamos enfrentar. Continue lendo!

Original: http://www.babypips.com/school/as-gold-as-it-gets.html

2.2 - Petróleo

Agora, deixe-me falar de outro tipo de ouro... O preto.

Como você deve saber, o petróleo é muitas vezes referido como "ouro negro", ou como nós aqui no Babypips o chamamos, o "crack negro".



Pode-se viver sem ouro, mas quem é viciado em crack não vive sem crack

A diferença é que o petróleo é uma droga que corre nas veias da economia global, pois é uma grande fonte de energia.

O Canadá, um dos maiores produtores de petróleo do mundo, exporta cerca de 2 milhões de barris de petróleo por dia para os EUA. Isso o torna o maior fornecedor petrolífero para os EUA!

Por causa do volume envolvido, ele cria uma enorme quantidade de demanda por dólares canadenses.



Ampliada: http://www.babypips.com/school/images/sophomore/oil-vs-usdcad.png

Quando o preço do petróleo sobe, normalmente causa um certo declínio em USD/CAD.

Além disso, tome nota de que a economia do Canadá é dependente das exportações, e cerca de 85% das suas exportações vão para o seu irmão mais velho do sul, os EUA. Devido a isso, o USD/CAD pode ser bastante afetado pela forma como os consumidores dos EUA reagem às mudanças nos preços do petróleo.

Se a demanda nos EUA aumenta, os fabricantes terão de produzir mais petróleo para cobrir a demanda. Isso pode levar a um aumento dos preços do petróleo, podendo causar uma queda em USD/CAD.

Se cai a demanda dos EUA, os fabricantes podem reduzir a produção, uma vez que não é necessário fazer mais mercadorias. A demanda de petróleo pode cair, o que poderia prejudicar a demanda para o CAD.

Então, da próxima vez que abastecer o carro e ver que os preços do petróleo estão subindo, você pode usar essa informação para seu proveito! Pode ser uma pista para vender USD/CAD!

Algumas corretoras forex permitem que você comercialize o ouro, petróleo e outros produtos. Lá, você pode facilmente monitorar negociações sobre estes e outros produtos. Você também pode monitorar os preços do ouro em http://www.timingcharts.com/ e em http://www.kitco.com . Pode igualmente verificar os preços do petróleo, ouro e outros metais utilizando este link: http://www.cx-portal.com/wti/oil_en.html .

Original: http://www.babypips.com/school/black-crack.html

2.3 - Títulos
Um título é um "IOU" emitido por uma entidade quando ela precisa pedir dinheiro emprestado. Estas entidades, como governos, municípios ou empresas multinacionais, precisam de um montante de recursos para operar de modo que muitas vezes precisam de empréstimos de bancos ou de pessoas como você. Quando você possui um título do governo, com efeito, o governo o tomou dinheiro emprestado.

Você deve estar se perguntando, "não é o mesmo que possuir ações?"

Uma diferença importante é que os títulos têm normalmente um prazo definido para a maturidade, onde ao proprietário em uma data determinada é pago o dinheiro que emprestou, conhecido como capital. Além disso, quando um investidor compra um título de uma empresa, ele é pago a uma determinada taxa de retorno, também conhecida como o rendimento dos títulos, em intervalos de tempo determinados. Estes pagamentos de juros periódicos são comumente conhecidos como pagamentos de cupom.

Bond Yield (rendimento do título) refere-se às taxas do retorno ou dos juros pagos ao que empresta equanto bond price (preço do título) é a quantidade de dinheiro que o que empresta paga pelo acordo.

O bond yield (rendimento do título) e o bond price (preço do título) são inversamente correlacionados. Quando um é grande o outro é pequeno e vice-versa. Aqui está um exemplo simples para ajudar a lembrar:



Espere um minuto ... O que isso tem a ver com o mercado de câmbio?

Tenha sempre em mente que as relações intermercados regem a ação do preço da moeda.

Neste caso, os rendimentos de títulos realmente serviriam como um excelente indicador da força do mercado de ações. Em particular, os rendimentos de títulos dos EUA iriam interferir no desempenho do mercado acionário dos EUA, refletindo assim a demanda para o dólar dos EUA.

Vejamos o cenário: a procura por títulos geralmente aumenta quando os investidores estão preocupados com a segurança de seus investimentos em ações. Esse tipo de vínculo elevado faz com que o bond price seja alto e por consequencia o bond yield será baixo.

Como os investidores cada vez mais se movem para longe de investimentos em ações e outros de grandes riscos, o aumento da procura por "instrumentos de menor risco" como títulos dos EUA e o "porto-seguro", o dólar americano, empurra os preços para cima.

Outra razão para estar ciente das obrigações de dívida pública é que elas atuam como um indicador na direção geral das taxas de juros e em suas expectativas.

Por exemplo, nos EUA, se teria foco sobre a Tesouraria de 10 anos. A produtividade crescente do dólar é de alta. A queda de rendimento causa baixa no dólar.

É importante conhecer a dinâmica subjacente sobre o porquê do rendimento do título estar subindo ou caindo. Ele pode ser baseado em expectativas da taxa de juros, ou pode ser baseado em incertezas do mercado e uma busca por segurança em um título de menor risco.

Depois de entender como os aumentos dos rendimentos dos títulos geralmente causam uma apreciação na moeda de um país, você provavelmente está ansioso para descobir como isso pode ser aplicado à negociação forex. Continue lendo.

Lembre-se que um dos nossos objetivos na troca de moedas (além de pegar muitos pips!) é negociar uma moeda forte com uma moeda fraca comparando suas respectivas economias. Como podemos usar os rendimentos de títulos para fazer isso?

Original: http://www.babypips.com/school/the-411-on-bonds.html

2.4 - Spreads de Títulos



O spread de títulos representa a diferença entre os rendimentos dos títulos dos dois países.

Estas diferenças dão origem a operações de carry trade, que discutimos na lição anterior.

Através do monitoramento dos mercados emergentes e das expectativas de alterações na taxa de juros, você terá ideia de para onde os pares de moedas estão indo.

Aqui está o que queremos dizer:



De acordo com o alargamento do spread de títulos entre duas economias, a moeda do país com maior rendimento de títulos se valoriza frente à moeda do país com menor rendimento de títulos.

Você pode observar esse fenômeno olhando para o gráfico da ação do preço AUD/USD e do spread de títulos entre os títulos dos goverdos americano e australiano de 2000 a 2009.

Observe que quando o spread do título subiu de 0,5% para 1,00% de 2002 a 2004, AUD/USD subiu quase 50%, passando de 0,5000 para 0,7000.

O mesmo aconteceu em 2007 quando o diferencial de títulos subiu de 1,00% para 2,50%, AUD/USD subiu de 0,7 mil para pouco mais de 0,9 mil. Isso seria 2000 pips!

Com o advento da da crise de 2008, todos os principais bancos centrais começaram a cortar suas taxas de juros, AUD/USD caiu de 0,9000 para 0,7000.

Então o que aconteceu aqui?

Um fator que provavelmente está em jogo aqui é que os traders estão se aproveitando dos carry trades.

Quando os spreads de títulos entre os tesouros americano e australiano estavam aumentando, os traders definiram posições de compra de AUD/USD.

Por quê?

Para aproveitar o carry trade!

No entanto, uma vez que o Banco Central da Austrália começou a cortar as taxas e os spreads de títulos começaram a diminuir, os traders reagiram terminando suas posições de compra de AUD/USD, pois não estavam mais tão rentáveis.

Original: http://www.babypips.com/school/bond-spreads.html

2.5 Títulos de Mercado, Seguros de Renda Fixa e o Mercado Forex

Uma breve recapitulação: Até agora, nós discutimos como diferenças nas taxas de retorno podem servir como indicador do movimento do preço da moeda.

Com o aumento do spread de títulos ou do diferencial da taxa de juros entre duas economias, a moeda com maior rendimento de título ou taxa de juros geralmente aprecia sobre a outra.

Muito parecido com os títulos, seguros de renda fixa são os investimentos que oferecem uma remuneração fixa em intervalos regulares de tempo. As economias que oferecem retornos mais elevados em seus seguros de renda fixa devem atrair mais investimentos, certo?

Este, então, torna a moeda local mais atraente do que outras economias que oferecem retornos mais baixos no mercado de renda fixa.

Por exemplo, vamos considerar os títulos da Grã-Bretanha e dos seguros europeus.

Se os seguros europeus estão oferecendo uma taxa de retorno inferior em comparação aos títulos britânicos, os investidores seriam desencorajados a colocar seu dinheiro no mercado de rendas fixas do euro e prefere colocar seu dinheiro em ativos com maior rendimento. Por isso, o euro poderia enfraquecer frente a outras moedas, especialmente o GBP.

Este fenômeno se aplica a praticamente qualquer mercado de renda fixa e para qualquer moeda.

Você pode comparar os rendimentos sobre os seguros de renda fixa do Brasil com o mercado de renda fixa da Rússia, e utilizar os diferenciais para prever o comportamento do real e do rublo.


Se você quiser tentar ver mais dessas correlações, os dados sobre vínculos do governo e das empresas podem ser encontrados nestes dois sites:

Bloomberg: http://www.bloomberg.com/markets/rates/index.html

BondsOnline: http://www.bondsonline.com/Todays_Market/Global_Sovereign_Bond_Yields.php

Você também pode verificar o site do governo de um país em particular para descobrir a rentabilidade dos títulos atuais. Esses são bastante precisos. São dados governamentais. Você pode confiar neles.

Na verdade, a maioria dos países oferecem títulos, mas queira dar maior atenção aos países de pares maiores.

Aqui estão alguns dos títulos populares de todo o mundo e seus apelidos legais:

EUA: U.S. Treasury bonds, Yankee bonds

UK: Gilts, Bulldog bonds

Japão: Japanese bonds, Samurai bonds

Zona Euro: Euro zone bonds, Euribors

Alemanha: Bunds

Suíça: Swiss Bonds

Canadá: Canadian Bonds

Austrália: Australian Bonds, kangaroo bonds, Matilda bonds

Nova Zelândia: New Zealand bonds, Kiwi bonds

Espanha: Matador bonds

Alguns países também oferecem títulos com diferentes prazos de vencimento, então esteja certo de que você esteja comparando títulos com o mesmo prazo de vencimento (como 5-anos gilts com 5-anos Euribors), caso contrário, sua análise poderia falhar.

E nós não queremos isso, queremos?

Original: http://www.babypips.com/school/bond-markets-fixed-income-securities-and-the-forex-market.html

USDX - EUA Dollar Index

1.1 - O que é o índice do dólar?

Se você já operou ações, provavelmente está familiarizado com todos os índices disponíveis, tais como o Dow Jones Industrial Average (DJIA), Nasdaq Composite Index, Russell 2000, S&P 500, Wilshire 5000 e o Nimbus 2001. Oh, espere este último é a vassoura de Harry Potter.

Bem, se as ações americanas têm um índice, o dólar não pode ser diferente. Para os traders forex, temos o EUA Dollar Index (USDX).

O USDX consiste em uma média geométrica ponderada de uma cesta de moedas estrangeiras em relação ao dólar.

O que? Ok, antes de adormecer após essa definição super nerd, vamos explicar melhor.

É muito semelhante à forma como os índices das ações trabalham, na medida em que fornece uma indicação geral do valor de uma cesta de diferentes títulos. Naturalmente, os "títulos" são as outras principais moedas mundiais.

A cesta

O USDX é composto por seis moedas estrangeiras, Elas são:

* Euro (EUR)

* Yen (JPY)

* Libra (GBP)

* Dólar Canadense (CAD)

* Coroa (SEK)

* Franco (CHF)

Aqui está uma pergunta caprichosa. Se o índice é composto de seis moedas, quantos países são incluídos?

Se você respondeu "6", está errado.

Se respondeu "21", você é um gênio.

Há 21 países no total, porque há 16 membros da União Européia que adotaram o euro como moeda única, além de outros cinco países (Japão, Grã-Bratanha, Canadá, Suécia e Suíca) com suas correspondentes moedas.

É óbvio que 21 países compõem uma pequena parcela do mundo, mas muitas outras moedas seguem o índice do dólar americano de perto. Isso torna o USDX uma ferramenta muito útil para medir a força global do dólar americano.

Componentes do USDX

Agora que sabemos quais moedas compõem a cesta de moedas, vamos voltar à parte de "média geométrica ponderada". Confira a medida atual das moedas:



Ampliada: http:*//www.*babypips.*com/school/images/sophomore/usdx-components.*png

Com 16 países, o euro torna-se um grande pedaço do USDX. O próximo é o iene japonês, o que faz muito sentido uma vez que o Japão tem uma das maiores economias do mundo. Os outros quatro somam menos de 30% dos USDX.

Aqui está uma coisa interessante: Quando o euro cai, qual movimento faz o USDX?

O euro torna-se uma porção tão grande quanto o USDX, que poderia muito bem ser chamado de índice "Anti-Euro". O USDX é tão influenciado pelo euro que as pessoas procuram por um índice "equilibrado" do dólar. Mais sobre isso mais tarde. Primeiro vamos aos gráficos!

Original: http://www.babypips.com/school/what-is-the-dollar-index.html

1.2 - Como ler o Índice do Dólar

Assim como qualquer par de moedas, o USDX também tem seu próprio gráfico. Vamos vê-lo:



Ampliada: http:*//www.*babypips.*com/school/images/sophomore/usdxchart.*png

Primeiramente, observe que o USDX é calculado 24 horas por dia, cinco dias por semana. Além disso, o USDX mede o valor geral do dólar em relação a uma base de 100.000. Hum?

Ok. Por exemplo, a leitura atual diz 86.212. Isso significa que o dólar caiu 13,79% desde o início do índice. (86.212 - 100.000).

Se a leitura foi de 120.650, significa que o valor do dólar subiu 20,65% desde o início do índice. (120.650 - 100.000).

O início do índice é março de 1973. Isto é, quando as maiores nações do mudo se reuniram em Washington DC e todos concordaram em permitir que suas moedas flutuassem livremente contra as outras. O início do índice é também conhecido como o "período-base".

A Fórmula do USDX

Isto é algo extremamente nerd. Aqui está a fórmula para o cálculo do USDX:

USDX = 50.14348112 × EUR/USD^(-0.576) × USD/JPY^(0.136) × GBP/USD^(-0.119) × USD/CAD^(0.091) × USD/SEK^(0.042) × USD/CHF^(0.036)

Entenderam? Bom! Agora podemos passar para a parte do valentão da escola.

Original: http://www.babypips.com/school/how-to-read-the-dollar-index.html

1.3 - USDX ponderado pelo mercado.

Há também outro tipo de índice do dólar utilizado para Reserva Federal. É o chamado "Índice do Dólar Ponderado pelo Mercado".

O Fed quis criar um índice que pudesse refletir com maior precisão o valor do dólar contra moedas estrageiras com base na forma como os bens dos EUA são competitivos em relação às mercadorias provenientes de outros países. Foi criado em 1998, a fim de manter-se atualizado com o comércio dos EUA.

Moedas e Pesos

Aqui está o peso atual (em porcentagem) do índice:



A principal diferença entre o USDX e o índice do dólar ponderado pelo mercado é a cesta de moedas utilizadas e os respectivos pelos relativos.

O USDX ponderado pelo mercado incliu países de todo o mundo, incluindo alguns países em desenvolvimento. Dada a forma como o mercado global está se desenvolvendo, esse índice é provavelmente a melhor reflexão do valor do dólar em todo o globo.

Os pesos são baseados em dados anuais de mercado.

Os pesos para USDX podem ser encontrados em:

http://www.federalreserve.gov/releases/H10/Weights

Se você gostaria de ver os dados históricos, confira:

http://www.federalreserve.gov/releases/h10/Summary/

Original: http://www.babypips.com/school/trade-weighted-dollar-index.html

1.4 - Usando o USDX para o Forex

Aposto que você está se perguntando: "Como posso usar isso em meu arsenal de negociação? Bem, continue lendo e em breve você vai descobrir! Nós todos sabemos que a maioria dos pares de moedas amplamente transacionadas incluem o dólar dos EUA. Se você não sabe, aqui estão alguns pares que incluem o dólar dos EUA são de EUR / USD, GBP / USD, USD / CHF, USD / JPY, e USD / CAD.

O que isso significa? Se você comercializar qualquer desses pares, o USDX pode ser uma das melhores ferramentas para ajudar.

Se você não usá-lo diretamente, o USDX ainda vai lhe dar uma ideia da força relativa do USD ao redor do mundo. Na verdade, quando as perspectivas de mercado para o dólar dos EUA é obscuro, e mesmo muitas vezes quando não for, o USDX fornece uma imagem melhor.

No mundo do forex, o USDX pode ser usado como um indicador da força do dólar americano. Como o USDX é composto por mais de 50% pela zona do euro, o EUR/USD é quase inversamente proporcional a ele. Confira:



Em seguida,dê uma olhada em um gráfico EUR/USD:



Ampliada: http:*//www.*babypips.*com/school/images/sophomore/eurusd-daily2.*png

É como um espelho! Se um sobe, o outro provavelmente abaixa. Parece que as linhas de tendência quase inversamente combinam perfeitamente. Esta poderia ser uma grande ajuda para os traders do EUR/USD.

Se o USDX faz movimentos significativos, você pode quase certamente esperar que os traders da moeda reajam ao movimento nesse sentido. Tanto o USDX quanto os traders das moedas reagem uns aos outros. Fugas em pares USD quase certamente movem o USDX na forma semelhante.

Para resumir tudo, os traders de forex usam o USDX como um indicador chave para a direção do dólar.

Tenha sempre em mente a posição do dólar no par que você estiver negociando.

Por exemplo, se o USDX está fortalecendo e aumentando, e você está negociando EUR/USD, um USD forte irá mostrar uma tendência de baixa no gráfico de EUR/USD. Se você está negociando um par em que o dólar é a moeda base, como o USD/CHF, um aumento no USDX irá mostrar um provável aumento nos gráficos USD/CFH, como mostrado abaixo.









Aqui estão duas dicas que você deve lembrar sempre:

Se o dólar é a moeda base (USD/XXX), então o USDX e os pares de moeda nesta qualidade devem se mover na mesma direção.

Se o dólar é a moeda de cotação (XXX/USD), então o USDX e os pares de moeda nesta qualidade se movem em direções opostas.

Original: http://www.babypips.com/school/using-the-usdx-for-forex.html

1.5 - Teoria Dollar Smile

Stephen Jen, estrategista cambial e ex-economista, veio com uma teoria e denominou-a de "Dollar Smile Theory". Sua teoria apresenta três cenários principais direcionando o comportamento do dólar dos EUA. Aqui está um exemplo simples:

Cenário 1:

O dólar valoriza devido a aversão ao risco. A primeira parte do sorriso (smile) mostra o USD beneficiado pela aversão ao risco, que faz com que os investidores corram para moedas mais seguras, como o dólar e o iene. Uma vez que os investidores acreditem que a situação econômica mundial é instável, eles hesitam em buscar ativos de risco e preferem comprar o menos arriscado dólar americano, independentemente da condição da economia dos EUA.

Cenário 2:

Baixa no dólar. A parte inferior do sorriso reflete o fraco desempenho do dólar e da economia americana frente a fundamentos.

A possibilidade de cortes de taxa de juros também abaixa o valor do dólar.

Isso leva o mercado a recuar para longe do dólar. O lema torna-se "Vender! Vender! Vender!"

Cenário 3:

O dólar valoriza devido ao crescimento econômico. Por fim, um sorriso começa a se formar com a economia dos EUA vendo uma luz no fim do túnel. Há um sentimento otimista e há sinais de recuperação rápida da economia, o sentimento em relação ao dólar começa a melhorar. Em outras palavras, o dólar começa a apreciar e a economia dos EUA tem um forte PIB e as espectativas de aumento na taxa de juros aumentam.

Esta teoria parece ter estado presente quando a crise financeira começou no final de 2007. Você lembra quando o dólar teve um impulso enorme na recessão global? Essa foi a primeira fase.

Quando o mercado finalmente veio ao fundo do mar em 2009, os investidores de repente se voltaram para moedas de maior rendimento, fazendo com que o dólar ganhasse o prêmio de "pior moeda" do ano de 2009.



Então a teoria Dollar Smile é verdadeira?

Só o tempo dirá.

Em qualquer caso, esta é uma teoria importante para se ter em mente. Lembre-se que todas as economias são cíclicas.

A parte fundamental é a determinação de em qual parte do ciclo a economia se encontra.

Original: http://www.babypips.com/school/the-dollar-smile-theory.html

Carry Trade

3.1 - O que é carry trade?

Você sabia que existe um sistema de negociação que pode fazer dinheiro se o preço permanecer exatamente o mesmo por longos períodos de tempo?

Bom, existe e é uma das formas mais populares de fazer dinheiro para o maior e para o pior gestores do mundo financeiro!

É o chamado "carry trade".



O carry trade envolve comprar ou tomar emprestado um instrumento financeiro que tem uma taxa de juros baixa, em seguida, usá-lo para vender um instrumento financeiro com uma taxa de juros mais elevada.

Enquanto você estiver pagando a taxa de juros baixa sobre o instrumento financeiro que você pegou emprestado/comprou, você está coletando maior interesse sobre o instrumento financeiro que você comprou. Assim, o seu lucro é o dinheiro que você cobrar do diferencial da taxa de juros.

Por exemplo:

Vamos dizer que você vai a um banco pedir emprestado $ 10,000. Sua taxa de empréstimo é de 1% dos 10.000 por ano.

Com esse dinheiro emprestado, você compra um financiamento de 10,000 que paga 5% ao ano.

Qual é seu lucro?

Alguém se habilita?

É isso aí! 4% ao ano! A diferença entre as taxas de juros!

Até agora você provavelmente está pensando: "Isso não soa tão emocionante e rentável como capturar oscilações do mercado."

No entanto, quando aplicá-lo ao mercado cambial, com a maior alavancagem possível e pagamentos de juros diários, sentar-se e esperar que sua conta aumente diariamente pode ser muito bacana.

Para se ter uma ideia, um diferencial de taxa de 3% de juros torna-se 60% de juros anuais em uma conta que é alavancada 20 vezes!

Nesta lição, discutiremos como carry trades trabalham, quando elas vão trabalhar, e quando não irão funcionar.

Abordaremos ainda a aversão ao risco (O que é isso? Não se preocupe, como dissemos, falaremos sobre isto mais tarde).

Original: http://www.babypips.com/school/what-is-carry-trade.html

3.2 - Como Carry Trade Trabalha para Forex

No mercado cambial, as moedas são negociadas em pares (por exemplo, se você comprar USD / CHF, você está realmente comprando o dólar dos EUA e vendendo francos suíços, ao mesmo tempo). Assim como no exemplo anterior, você paga juros sobre a posição da moeda que vende, e cobra juros sobre a posição da moeda que você compra.

O que faz com que o carry trade seja especial para o mercado cambial é que os pagamentos de juros acontecem em todos os dias de negociação com base em sua posição. Tecnicamente, todas as posições se encerram no final do dia no mercado cambial. Você simplesmente não o vê acontecer se mantiver uma posição para o dia seguinte.

Corretores fecham e reabrem sua posição, e então eles o creditam/debitam a diferença da taxa de juros no pernoite entre as moedas. Este é o custo de "carrying" uma posição para o dia seguinte.

A quantidade de alavancagem disponível a partir de corretores forex fez com que o carry trade se tornasse muito popular no mercado cambial. A maior parte da negociação forex é baseada em margem, significa que você apenas tem que colocar um número relativamente pequeno em uma posição e o seu corretor fará o restante. Muitos corretores pedem tão pouco quanto 1% ou 2% por posição. Que coisa, hein?

Vamos dar uma olhada em um exemplo genérico para mostrar como isso pode ser impressionante.

Para este exemplo nós vamos dar uma olhada no Joe the Forex Newbie Trader.

É o aniversário do Joe e seus avós como são pessoas generosas o deram 10 mil dólares. Uau!

Em vez de sair e gastar seu presente de aniversário em jogos de video game e cds de Justin Bieber, decide guardá-lo para uma boa oportunidade. Joe vai para o banco local para abrir uma conta poupança e o gerente do banco o diz: "Joe, a sua conta poupança vai ser acrescentada em 1% ao ano sobre o saldo da sua conta. Isso não é fantástico?"

Joe faz uma pausa e pensa consigo mesmo: "com 1%, vou ganhar 100 dólares em 1 ano."

"Cara, isso é uma merda!"

Joe, sendo o cara esperto que é, e vem estudando na Escola Babypips de Pipsologia e sabe uma forma muito melhor de investir seu dinheiro.

Então Joe gentilmente responde ao gerente do banco, "Obrigado senhor, mas eu acho que vou investir meu dinheiro em outro lugar."

Joe tem testado vários sistemas de negociação demo (incluindo o "carry trade") por mais de um ano, então ele tem um bom conhecimento de como funciona a negociação forex. Ele abre uma conta real, deposita o seu presente de aniversário e coloca seu plano em ação.

Joe encontra um par de moedas cujo diferencial de taxa de juros é 5% ao ano e ele compra $ 100.000 do par, uma vez que sua corretora exige um depósito de 1% da reposição, que será neste caso de $ 1.000 em margem (alavancagem de 100:1). Então, Joe agora controla $ 100.000 de um par de moedas que recebe 5% ao ano em juros.

O que vai acontecer na conta de Joe se ele não mexe nela por um ano?

Bem, aqui estão três possibilidades. Vamos dar uma olhada em cada uma:

1. A posição do par perde valor. O par de moedas que Joe comprou cai como uma pedra de valor. Se a perda faz com que a conta caia até o montante reservado para a margem, então a posição é fechada e tudo o que sobrou na conta é a margem - $1000.

2. O par acaba com a mesma taxa de câmbio no final do ano. Neste caso, Joe não ganha ou perde qualquer valor em sua posição, mas ele coletou 5% de juros sobre a posição de $ 100.000. Isso significa que só de juros, Joe fez 5.000 dólares para sua conta de $ 10.000. Isso é um ganho de 50%! Que ótimo!

3. Posição da moeda ganha valor. O par de Joe dispara como um foguete! Assim, não só Joe recolherá pelo menos 5000 dólares em juros sobre sua posição, mas também levará todos os ganhos! Isso seria um belo presente a si mesmo no próximo aniversário.

Por causa da alavancagem de 100:1, Joe tem o potencial para ganhar em torno de 50% ao ano a partir de um valor inicial de $ 10.000.

Aqui está um exemplo de um par de moedas que oferece uma taxa de diferencial de 4,40%, baseado nas taxas de juros em setembro de 2010:

Se você comprar AUD/JPY e manter por um ano, você ganha um "carry" positivo de 4,4%.

Claro, se você vender AUD/JPY, funcionará do sentido oposto.



Se você vende AUD/JPY e o mantém por um ano, você ganharia um "carry" negativo de 4,40%.

Novamente, este é um exemplo genérico de como realizar trabalhos comerciais.

Alguma dúvida sobre o conceito? Não? Sabíamos que você entenderia rápido!

Agora é hora de passar para a parte mais importante da lição: Risco do Carry Trade.

Original: http://www.babypips.com/school/how_do_carry_trades_work_for_forex.html

3.3 - Usar o Carry Trade ou não

Quando Carry Trade funciona?

Carry trade funciona melhor quando os investidores sentem um risco e otimismo o suficiente para comprar moedas de alto rendimento e vender moedas de menor rendimento.

Ser otimista é ver que o copo está metade cheio. Embora a situação atual possa não ser a ideal, ele está esperançoso de que as coisas melhorem. O mesmo vale para operações carry trade. As condições econômicas podem não serem boas, mas a perspectiva de compra da moeda tem de ser positiva.

Se as perspectivas da economia de um país parecem boas, então as chances são de que o banco central do país terá de aumentar as taxas de juros para controlar a inflação.

Isso é bom para o carry trade porque uma maior taxa de juros significa um diferencial maior de taxa de juros.

Por outro lado, se as perspectivas econômicas de um paíes não estão parecendo muito boas, então ninguém vai estar preparado para assumir a moeda se eles acham que o banco central terá menores taxas de juros para ajudar sua economia.

Para simplificar, carry trades funcionam melhor quando os investidores têm uma baixa aversão ao risco.

Carry trade não funciona bem quando a aversão ao risco é elevada (ou seja, vender moedas de maior rendimento e comprar moedas de baixo rendimento). Quando a aversão ao risco é elevada, os investidores estão menos propensos a ter empreendimentos arriscados.

Vamos colocar isso em perspectiva.

Digamos que as condições econômicas estão difíceis, e o país está atravessando uma recessão. O que você acha que seu vizinho iria fazer com seu dinheiro?

Seu vizinho provavelmente escolheria um investimento com baixo-pagamento ainda mais seguro que colocá-lo em outro lugar. Não importa se o retorno é baixo, contando que o investimento seja "uma coisa certa".

Isso faz sentido, porque permite que o o vizinho do país tenha um plano de sair da negociação caso as coisas não forem bem. No jargão forex, o país vizinho tem um alto nível de aversão ao risco.

A psicologia dos grandes investidores não é muito diferente disto. Quando as condições econômicas são incertas, os investidores tendem a colocar os seus investimentos em moedas que ofereçam taxas de juros baixas, como o USD/JPY.

Este é o oposto de carry trade. Este afluxo de capitais faz com que as moedas com baixo juros apreciarem sobre aquelas com maior juros.

Original: http://www.babypips.com/school/to-carry-or-not-to-carry.html

3.4 - Critérios Carry Trade e Risco

Critérios Carry Trade

É muito simples encontrar um par adequado para fazer um carry trade. Procure por duas coisas:

1. Encontre um auto diferencial de juros.

2. Encontre um par que tem se mantido estável ou em tendência de alta em favor da moeda mais forte. Isso lhe dá a capacidade de permanecer no comércio o maior tempo possível e lucrar com o diferencial de juros.

Muito simples, não? Vamos dar um exemplo real do carry trade em ação:




Este é um gráfico semanal do AUD/JPY. Até recentemente, o Banco do Japão tem mantido uma "Política do Juros Zero" (a partir de Setembro de 2010, a taxa de juros fica em 0,10%).

Com o Reserve Bank da Austrália tendo uma das maiores taxas de juros entre as moedas mais importantes (atualmente em 4,50% na data desta escrita), muitos traders têm operado este par (um dos fatores que criaram uma pequena tendência de alta no par).

Desde o início de 2009 até o início de 2010, este par passou de um preço de 55,50 para 88,00 - 3250 pips!

Se você contar com o diferencial da taxa de juros entre as duas moedas, este par tem sido uma boa jogada de compra para muitos investidores e operadores, como também a volatilidade da moeda a partir dos grandes movimentos de alta e baixa.

É claro que fatores econômicos e políticos estão mudando o tempo todo. As taxas de juros e dos diferenciais de juros entre as moedas podem mudar também, trazendo uma menor confiança no carry trade se a mudança for negativa aos traders.

Risco Carry Trade

Como você é uma pessoa muito inteligente, já sabe a primeira pergunta que deve fazer antes de entrar em um carry trade, certo?

"Qual é meu risco?"

Correto! Antes de entrar em uma negociação, você sempre deve avaliar o seu risco máximo e se é ou não aceitável de acordo com suas regras de gestão de risco.

No exemplo no início da aula, com Joe, o Forex Newbie Trader, seu risco máximo teria sido de $9.000. Sua posição será automaticamente encerrada uma vez que os prejuízos atinjam $9.000.

Mas isso não soa muito bem, não é?

Lembre-se, este é o pior cenário possível, e Joe é um novato, então ele não pensou muito no valor dos stop losses.

Ao fazer um carry trade, você ainda pode limitar suas perdas como em um comércio direcional regular.

Por exemplo, se Joe decidiu que queria limitar o seu risco a $ 1.000, ele pode definir uma ordem de stop loss para fechar a sua posição em qualquer nível de preços em que a perda seja de $ 1.000. Ele ainda mantém o pagamento de juros que já recebeu enquanto não foi atingido o limite da perda.

Original: http://www.babypips.com/school/carry-trade-criteria-and-risk.html

3.5 - Resumo: Carry Trade



Enquanto você estiver pagando uma taxa de juros baixa sobre o instrumento financeiro que você pegou emprestado/comprou, você estará lucrando sobre as taxas de juros se vender este instrumento. Seu lucro é o diferencial da taxa de juros.

Esta é outra maneira de ganhar dinheiro no mercado forex sem ter que comprar na baixa e vender na alta, o que pode ser um pouco difícil dia após dia.

Carry trades funcionam melhor quando os investidores enfrentam o riso. As condições econômicas atuais não precisam ser tão boas, mas a perspectiva é que seja positivo.

Se as perspectivas econômicas de um país não estão parecendo serem muito boas, então ninguém vai estar preparado para assumir o risco. Carry trades funcionam melhor quando os investidores têm baixa aversão ao risco.

Carry trades não funcionam bem quando a aversão ao risco é alta.

Quando a aversão ao risco é alta, os investidores estão menos propensos a comprar moedas de maior rendimento, ou propensos a reduzir suas posições em moedas de maior rendimento.

Quando as condições econômicas são incertas, os traders tendem a colocar seus investimentos em moedas mais seguras, que tendem a oferecer taxas de juros mais baixas, como o dólar americano e o iene japonês.

É muito simples encontrar um par adequado para se fazer um carry trade. Procure por duas coisas:

1. Encontre um com alto diferencial de taxa de juros.

2. Encontre um par que tem se mantido estável ou em tendência de alta em favor do rendimento monetário maior. Isso lhe dá a capacidade de permanecer no comércio o maior tempo possível e lucrar com o diferencial de juros.

Lembre-se sempre que os fatores econômicos e políticos estão mudando o mundo cotidiano. As taxas de juros e os diferenciais das taxas de juros entre as moedas podem mudar também, fazendo com que os investidores percam a confiança no carry trade. Assim, ao fazer um "carry trade", você ainda deve limitar suas perdas como em um regular comércio direcional.

Quando aplicado corretamente, o carry trade pode adicionar receitas importantes para sua conta, junto com estratégias comerciais direcionais.

Original: http://www.babypips.com/school/summary-carry-trade.html

Negociando com notícias

2.1 - Importância das Notícias



Não basta apenas conhecer a análise técnica. É de igual importância saber o que faz o comércio se mover.

Assim como no grande mundo de Star Wars, por trás dos padrões das linhas de tendência, dos topos duplos, e do cabeça e ombros, há uma força fundamental. Esta força é chamada de notícia!

Para entender a importância da notícia, imagine este cenário (puramente fictício, é claro!)

Digamos que, em seu noticiário noturno, há um relatório e que a maior empresa de softwares que você tinha ações deu sinais de falência.

Qual a primeira coisa que você faria? Como ficaria sua percepção dessa empresa? Como você acha que seria a percepção de outras pessoas sobre esta empresa?

A reação óbvia seria de que você iria imediatamente vender suas ações. Na verdade, este é provavelmente o que quase todos que tivessem participação na empresa fariam.

O fato é que a notícia afeta a maneira como percebemos e agimos sobre nossas decisões comerciais. Não é diferente quando se trata de negociação de moedas.

Há, no entanto, uma nítida diferença de como são tratadas as notícias no mercado de ações e em forex.

Vamos voltar ao nosso exemplo acima e imagine que você tomou conhecimento do relatório um dia antes dele ser anunciado na imprensa.

Naturalmente, você poderia vender todas suas ações e, como resultado de você ter ouvido a notícia com antecedência, você salvaria mais dinheiro que qualquer outra pessoa que ouvisse a notícia na grande imprensa.

Parece bom, não é? Mas este truque é chamado de Negociação Informada, e levaria à cadeia.

No mercado acionário, quando você ouvir a notícia antes de todo mundo é ilegal. No mercado cambial, que é chamado de 'Fair Game'!

Quanto mais cedo você ver ou ouvir a notícia, melhor será para suas negociações, e não há absolutamente nenhuma penalidade por isso!

Adicionando tecnologia ao poder da comunicação instantânea, o que você tem é a notícia mais recente e maior (ou não tão grande) na ponta de seus dedos.

Isso é ótimo... Uhmmm... "Notícias" vindas de traders de varejo são muito boas pois nos permitem reagir rapidamente às especulações do mercado.

Grandes traders, pequenos traders, todos dependem da mesma notícia para fazer a jogada de mercado, por que se não há nenhuma notícia, o mercado pouco se moverá!

A notícia é importante para o mercado Forex, porque é a notícia que faz o movimento. Independentemente da análise técnica, a notícia é o combustível para direcionar o mercado.

Original: http://www.babypips.com/school/importance-of-news.html

2.2 Por que operar com Notícias?

A resposta simples para esta pergunta é "Para ganhar mais dinheiro!"

Mas com toda a seriedade, negociar com notícias nos dá mais oportunidades para o comércio em mercado cambial. Como vimos na seção anterior, a notícia é uma parte muito importante para o mercado por que é o que o faz mover!

Quando a notícia vem de fora, notícias especialmente importantes que todos estejam assistindo, você pode esperar por um movimento maior. Seu objetivo como trader deve ser obter a direção certa do movimento, mas o simples fato de saber que o mercado vai realmente se mover o dá uma oportunidade que definitivamente vale a pena olhar.

Perigos em negociar com notícias

Como acontece em qualquer estratégia de negociação, há sempre possíveis perigos que você deve estar ciente.

Aqui estão alguns dos perigos:

Pelo fato de o mercado estar muito volátil durante eventos importantes, muitos traders ampliam o spread durante estes períodos. Isso aumenta os custos de negociação e poderia prejudicar sua linha de fundo.

Você também pode ficar "bloqueado", o que significa que o comércio poderia ser executado no momento certo, mas pode não aparecer em sua sessão de negociação por alguns minutos. Obviamente isso é ruim por que será difícil fazer os ajustes se o comércio se move contra você!

Imagine pensar que você não foi avisado e entrou na negociação... então percebe que seu pedido original tem disparado! Você estaria arriscando o dobro agora!

Você pode também vir a derrapar. Derrapar ocorre quando se deseja entrar no mercado a um determinado preço, mas, devido à extrema volatilidade durante esses eventos, você começa realmente em um preço muito diferente.


Grandes movimentos de mercado feitos a partir de novos eventos muitas vezes não causam movimento em uma direção. Muitas vezes o mercado pode começar indo para uma direção, e então volta para a outra direção. Tentar encontrar o caminho certo às vezes pode ser uma dor de cabeça!

Apesar de rentável, negociar com notícias não é tão fácil. Levará toneladas de prática e mais prática para aprender! Mais importante, você sempre deve ter um plano em prática. Nas aulas seguintes, vamos lhe dar algumas dicas sobre como negociar com as notícias.

Original: http://www.babypips.com/school/why-trade-the-news.html

2.3 - Por que negociar com notícias?

Antes mesmo de olha para as estratégias de negociação sobre notícias, temos de olhar para os eventos que são notícia que envolvam a negociação.

Lembre-se que estamos negociando com as notícias por causa de sua capacidade de aumentar a volatilidade no curto prazo, então, naturalmente, gostaríamos de negociar com notícias que tenham o maior potencial de movimento do mercado.

Embora os mercados reajam a grandes notícias de vários países, as maiores notícias que movem o mercado vêm dos EUA.

A razão é que os EUA têm a maior economia do mundo e o dólar americano é a moeda de reserva mundial. Isso significa que o dólar dos EUA é um participante em cerca de 90% da totalidade das operações Forex, o que torna as notícias vindas dos EUA de suma importância.

Dito isso, vamos dar uma olhada em algumas das notícias mais voláteis para os EUA.

Ampliada: http://www.babypips.com/school/images/freshman/most-volatile-news-reports2.png



Além dos relatórios de inflação e das declarações do banco central, você também deve prestar atenção às notícias geo-políticas, como guerras, desastres naturais, conflitos políticos e eleições. Embora estes não tenham um impacto tão grande quanto as outras notícias, ainda vale a pena prestar atenção a eles.

Além disso, fique de olho nos movimentos do mercado de ações. Há momentos onde o sentimento neste mercado será precusor de movimentos importantes no mercado cambial.

Agora que sabemos que os eventos de notícias fazem a maioria dos movimentos, nosso próximo passo é determinar quais pares de moedas estão sendo negociados.

Pelo fato de a notícia pode trazer maior volatilidade ao mercado cambial (e mais oportunidades de comércio), é importante que se negocie com pares mais líquidos. Pares de moedas liquidos nos dá uma garantia de que nossos pedidos serão executados de forma tranquila e sem "impedimentos".

1. EUR/USD

2. GBP/USD

3. USD/JPY

4. USD/CHF

5. USD/CAD

6. AUD/USD

Você notou alguma coisa?

Isso mesmo! Estes são todos os principais pares de moedas!

Lembre-se, como eles têm maior liquidez, pares maiores costumam ter spreads menores. Como os spreads se ampliam quando saem notícias, faz sentido ficar com pares com spreads menores.

Agora que sabemos quais eventos noticiados e quais pares operar, vamos dar uma olhada em algumas abordagens à negociação com notícias.

Original: http://www.babypips.com/school/which-reports-are-trade-worthy.html

2.4 - Viés Direcional vs Viés Não-Direcional

Há duas formas principais de negociar com notícias:

a) Tendo um viés-direcional

b) Tendo um viés não direcionalViés Direcional

Ter um viés direcional significa que você espera que o mercado se mova numa determinada direção, uma vez que a notícia seja liberada. Sempre que estiver à procura de uma oportunidade de comércio em uma determinada direção, é bom saber o que são os relatórios sobre as notícias que fazem o mercado se mover.

Consenso vs. Real

Vários dias ou mesmo semanas antes de um relatório de notícias vir a público, há analistas que irão surgir com algum tipo de previsão sobre os números que serão divulgados. Como falamos na lição anterior, este número será diferente entre vários analistas, mas, em geral, haverá um número comum que a maioria deles concordam. Este número é chamado de consenso.

Quando a notícia é liberada, o número que é dado é conhecido por número real.

"Comprar nos rumores, vender nas notícias"

Esta é uma frase comum usada no mercado cambial, porque muitas vezes parece que quando uma notícia é liberada, o movimento não corresponde ao que o relatório poderia levar a crer.

Por exemplo, digamos que seja esperado um aumento da taxa de desemprego nos EUA. Imagine que no mês passado a taxa de desemprego estava em 8,8% e o consenso para o próximo relatório é de 9,0%.

Com um consenso em 9,0%, significa que todos os grandes atores do mercado estão antecipando um abrandamento na economia dos EUA, e como resultado, um dólar mais fraco.

Assim, com essa antecipação, grandes atores do mercado não vão esperar até que o relatório seja realmente liberado para começar a agir e tomar uma posição. Eles vão em frente e começam a vender seus dólares por outras moedas perante o número real liberado.

Agora vamos dizer que a taxa de desemprego real é liberada e, como esperado, ela relata 9,0%.

Como um trader de varejo, você vê isso e pensa "Ok, essa é uma notícia ruim para os EUA, é hora de vender o dólar!"

No entanto, quando você vai para sua plataforma de negociação para começar a vender o dólar, vê que os mercados não são exatamente os que se deslocam no sentido que você pensou que seria. Isto porque grandes jogadores já adaptaram suas posições antes mesmo das notícias sairem e agora é o momento de terem lucro com a notícia publicada.

Agora vamos rever esse exemplo, mas desta vez, imagine que o relatório real libere uma de taxa de desemprego de 8,0%. Os jogadores pensaram que o mercado de taxa de desemprego subiria para 9,0%, devido ao consenso, mas o relatório mostrou que a taxa de fato, diminuiu, mostrando força no dólar.

O que você vê em sua tabela seria uma escalada enorme do dólar, por que grandes atores do mercado não esperavam que isso ocorresse. Agora com o relatório publicado e dizendo algo totalmente diferente do que se tinha antecipado, todos eles estão tentando ajustar suas posições o mais rápido possível.

Isso também acontecerá se o relatório real lançar uma taxa de desemprego de 10,0%. A única diferença seria que em vez da escalada do dólar, haveria uma grande queda deste! Uma vez que o consenso de mercado foi de 9,0%, mas o relatório real mostrou uma taxa de desemprego de 10,0%, os grandes jogadores vendem seus dólares porque o dólar americano parece agora muito mais fraco do que quando as previsões foram lançadas.

Acompanhando o consenso do mercado e os números reais, você poderia avaliar melhor o que as notícias vão realmente causar em relação ao mercado, em qual direção o moverá.

Viés não-direcional

A estratégia comercial mais comum é a notícia de abordagem de viés não-direcional. Este método despreza um viés direcional e simplesmente joga com o fato de que uma grande notícia criará um grande movimento. Não importa que caminho se mova... Apenas queremos estar lá quando isso acontecer!

O que isto significa é que uma vez que o mercado se move em qualquer direção, você tem um plano para entrar nesse comércio. Não se espante quando o preço subir ou descer aleatoriamente, daí o nome viés não direcional.

Original: http://www.babypips.com/school/directional-bias-vs-non-directional-bias.html

2.5 - Negociação com Viés Direcional

Vamos voltar ao nosso exemplo do relatório da taxa de desemprego dos EUA. No início, demos exemplos do que poderia acontecer caso o relatório viesse à luz com expectativas ou um pouco melhor. Vamos dizer que houve uma surpreendente queda. Que efeito isso pode ter sobre o dólar? Uma coisa que poderia acontecer é dólar cair. O que? O dólar não deveria subir com a taxa de desemprego caindo?



Pode haver duas razões para que o dólar ainda estivesse caindo, embora hajam mais pessoas com emprego.

A primeira razão pode ser que a tendência de longo prazo e global da economia dos EUA ainda está em uma espiral desdendente. Lembre-se que há vários fatores fundamentais que dão força ou fraqueza a uma economia. Embora a taxa de desemprego ter caido, não pode ser um grande catalisador suficiente para os grandes traders começarem a mudar sua percepção do dólar.

A segunda razão poderia ser a razão para a queda da taxa do desemprego. Talvez seja pelo fato de estar próximo a um feriado festivo. Durante esse tempo, muitas empresas normalmente contratam funcionários sazonais para acompanhar o fluxo das compras de Natal. Este aumento de postos de trabalho pode causar uma queda de curto prazo da taxa de desemprego, mas não é um indicador de melhoria a longo prazo na economia dos EUA.

A melhor maneira de obter uma medida mais exata da situação do desemprego seria olhar para o número do ano passado e compará-lo com este ano. Isso permitirá que você veja se o mercado de trabalho realmente melhorou ou não.

Uma coisa importante para lembrar é que sempre deve-se ter um pé atrás e olhar o panorama geral antes de tomar decisões rápidas.

Agora que você tem essa informação em sua mente, é hora de ver como nós podemos operar com notícias em viés direcional.

Vamos continuar com nosso exemplo da taxa de desemprego para ser mais simples. A primeira coisa que você gostaria de fazer antes que o relatório fosse divulgado é olhar para a tendência da taxa de desemprego para ver se tem aumentado ou diminuido. Ao olhar para o que tem acontecido no passado, você pode se preparar para o que irá acontecer no futuro.

Imagine que a taxa de desemprego tem vindo a aumentar. Seis meses atrás, estava em 1% e no mês passado chegou a mais de 3%. Agora você pode dizer com alguma confiança que empregos estão dimunuindo e que existe uma boa possibilidade de que a taxa de desemprego continue a subir.

Uma vez que você esteja esperando que a taxa de desemprego suba, agora pode começar a preparar-se para vender o dólar. Particularmente, você sente que pode vender USD/JPY.

Pouco antes da taxa de desemprego ser aunciada, você pode olhar para o movimento do USD/JPY, pelo menos 20 minutos antes e encontrar uma amplitude de movimento. Tome nota dos altos e baixos que são feitos. Este serão seus pontos de fuga.

* Nota: Quanto menor a variação maior é a tendência de um movimento volátil.

Desde que você tenha uma perspectiva pessimista sobre o dólar, você daria uma atenção especial para o ponto mais baixo de fuga desta variação. Você está esperando o dólar cair, então seria uma boa estratégia estabelecer um ponto de entrada alguns pips abaixo desse nível.



Ampliada: http://www.babypips.com/school/images/freshman/directional-bias-entry-point.png

Você poderia definir um stop no ponto de fuga superior e definir a saida (obter lucro) abaixo, da mesma quantidade de pips do intervalo entre os pontos de fuga.



Uma das duas coisas que podem acontecer neste momento. Se a taxa de desemprego cai, então o dólar pode subir. Isso faria com que o USD/JPY subisse e a estratégia viesse a falhar. Não haveria muitas perdas! Ou, se a notícia é como você esperava e o índice de desemprego aumenta, o dólar pode cair (supondo que todo o panorama fundamental sobre o dólar é de queda).

Isso seria bom para você, porque você já criou um comércio que foi de baixa sobre o dólar e agora tudo que tem a fazer é ver a sua negociação se desdobrar.



Mais tarde você vê que seu alvo é atingido. Você conseguiu um punhado de pips! Yeah!

A chave para ter um viés direcional é que você deve realmente entender os conceitos por trás da notícia que irá afetar o mercado e que você planeje utilizar. Se você não entender o efeito que pode ter em determinadas moedas, então você pode ser pego em algumas confugurações não muito boas. Felizmente para você, temos Pip Diddy e Forex Gump para ajudar a explicar o efeito que cada relatório pode ter sobre o mercado cambial.

Original: http://www.babypips.com/school/trading-with-a-directional-bias.html

2.6 - Deixando o Mercado decidir qual direção toma

A primeira coisa a considerar é quais notícias que interferem nas negociações. Anteriormente nesta lição discutimos os maiores movimentos a partir de notícias. Idealmente, estas notícias são as melhores pois há uma grande possibilidade de que o mercado faça um grande movimento após sua liberação.



A próxima coisa que você deve fazer é dar uma olhada no intervalo, pelo menos, 20 minutos antes da liberação da notícia real. A alta desse intervalo será o seu ponto superior de fuga superior, e a baixa desse intervalo será o seu ponto de fuga inferior. Note que quanto menor o intervalo, maior a probabilidade de ver uma grande mudança a partir da notícia.

Os pontos de fuga serão seus níveis de entrada. Este é o lugar onde você deseja definir suas ordens. Seu stop deve ser colocado cerca de 20 pips abaixo e acima dos pontos de fuga, e os seus pontos de saída com lucro devem ser aproximadamente do mesmo tamanho do intervalo. Isso é conhecido como straddle trade - você está procurando jogar nos dois lados do comércio, seja qual o mercado mover.



Agora que você está preparado para entrar no mercado em qualquer direção, tudo que tem a fazer é esperar que saia a notícia. Às vezes o preço pode tocar um stop em uma direção e rapidamente reverter na outra direção. No entanto, sua outra entrada é ativada se esta negociação ganhar, você deve recuperar suas perdas iniciais e sair com um pequeno lucro.

O melhor cenário seria o de que apenas uma de suas negociações fosse acionada e o preço continuasse a se mover em seu favor, para que não haja perdas. De qualquer maneira, se feito corretamente, você deve ainda acabar com o dia positivo.

Uma coisa que faz uma abordagem com o viés não-direcional seja atraente é que ele elimina todas as emoções - você só quer lucro, quando o movimento acontecer. Isto permite-lhe tirar proveito de mais oportunidades de negociação, por que haverá uma ação de qualquer maneira.

Há muitas outras estratégias para negociar com notícias, mas os conceitos mencionados nesta lição devem fazer parte de sua rotina, sempre que você estiver querendo tirar proveito de movimentos a partir de notícias.

Original: http://www.babypips.com/school/letting-the-market-decide-which-direction-to-take.html

2.7 - Resumo: Negociar com Notícias



Agora você sabe como operar com uma notícia! Basta manter essas coisas em mente quando negociar:

* Quando você tem um viés direcional, você está esperando um movimento em uma determinada direção e já pode definir suas ordens.

* É sempre bom entender as razões pelas quais o mercado se move numa certa direção quando a notícia é liberada.

* Quando você tem um viés não-direcional, não há uma definição da direção que o preço seguirá. Você entretanto pode lucrar em qualquer direção que tome o comércio.

* Configurações para o viés não-direcional são também chamados de straddle trades.

Que bom...

É tão fácil assim??

Claro que não!

Você tem que praticar o comércio e ler relatórios diferentes antes de ter uma ideia de que as notícias farão ao mercado, o quanto uma surpresa é necessária para que o mercado se quais notícias evitam grandes movimentos do mercado.

Como em qualquer método de negociação, seu sucesso depende de sua preparação.

Isso vai levar tempo e prática. Faça sua parte e estude os indicadores econômicos para entender porque eles são importantes.

Lembre-se, nada que é fácil vale a pena, então pratique e você verá que negociar a partir de notícias será muito gratificante quando você pegar o jeito.

Original: http://www.babypips.com/school/summary-of-trading-the-news.html

Relação dos Mercados Acionários e Forex

3.1 - Forex, Mercados Acionários Globais e Você

Você sabia que o mercado de ações também pode ajudar a calcular a direção de certa moeda? De certa forma, você pode usar os índices de ações como "bolas de cristal forex".

Baseado no que você vê na tevê, no que ouve no rádio e no que lê no jornal, parece que o mercado de ações é o que é mais coberto por noticiários. Definitivamente é boa a sensação de operar em ações, pois você estará comprando parte de empresas que fabricam produtos que não viveríamos sem.



Uma coisa a lembrar é que, para comprar ações de um país em particular, você primeiro deve ter a moeda local.

Para investir em ações no Japão, um investidor europeu deve trocar primeiro seus euros (EUR) por iene japonês (JPY). Este aumento da procura de JPY faz com que o seu valor aprecie. Por outro lado, a venda de euros aumenta a sua oferta, o que impulsiona o valor do euro para baixo.

Quando as perspectivas para um determinado mercado de ações são boas, dinheiro internacional irá para aquele mercado. Por outro lado, quando as perspectivas de um determinado mercado de ações não são boas, o dinheiro tende a sair daquele mercado e ir para um de melhor perspectiva.

Mesmo que você não negocie ações, como um trader de forex, você deve prestar atenção nos mercados de ações dos principais países.

Se o mercado de ações em um país começa a funcionar melhor do que em outro país, esteja ciente de que o dinheiro irá sair do país com mercado enfraquecido e irá para aquele cujo mercado está fortalecido.

Isto poderia levar a um aumento no valor da moeda para o país com mercado de ações mais fortes, enquanto o valor da moeda do país com mercado de ações enfraquecido poderia depreciar. A ideia geral é: mercado de ações forte, moeda forte; mercado de ações fraco, moeda fraca.

Se você comprou a moeda do país com o mercado fortalecido e vendeu a moeda do país com mercado de ações enfraquecido, você tem um potencial de fazer um bom dinheiro.

Não está muito familiarizado com os principais índices acionários globais? É o seu dia de sorte! Aqui estão eles!

Veja a Tabela: http://img189.imageshack.us/img189/359/tabeladeaes.png

Original: http://www.babypips.com/school/forex-global-equity-markets-and-you.html

3.2 - A relação entre ações e forex

Um problema com o uso dos mercados acionários globais em relação ao forex é descobrir quem leva a qual.

É como responder aquela velha questão: "Quem veio primeiro, o ovo ou a galinha?"



São os mercados acionários que causam movimentos? Ou será o mercado cambial?

A ideia básica é que, quando surge um mercado interno de capital, a confiança em determinado país também cresce, levando a uma entrada de fundos de investidores estrangeiros. Isso tende a criar uma demanda para a moeda nacional, fazendo com que ela cresça frente outras moedas estrangeiras.

Por outro lado, quando o mercado acionário local vai mal, a confiança diminui, fazendo com que os investidores convertam os seus fundos investidos de volta a suas moedas locais.

Para os últimos dois anos, no entanto, este princípio aplica-se ao contrário para os EUA e para o Japão.

Primeiro, vamos dar uma olhada na correlação entre o índice Dow Jones e ver como os mercados de ações em todo o globo se relacionam uns com os outros.



Ampliada: http:*//www.*babypips.*com/school/images/sophomore/dow-vs-nikkei.*png

Desde a virada do século, o Dow Jones e o Nikkei 225, o índice de ações japonês, foram movendo-se juntos caindo e subindo ao mesmo tempo. Também observe que às vezes um dos índices sobe ou desce antes de ser seguido pelo outro índice. Pode-se dizer que os mercados acionários em todo o mundo geralmente se movem na mesma direção.

Original: http://www.babypips.com/school/relationship-stocks-forex.html

3.3 - Correlações entre Ações e Moedas

Antes da recessão econômica mundial que iniciou em 2007, quando a maioria das economias sofreram trimestes consecutivos de crescimento negativo do PIB, o Nikkei e o USD/JPY eram inversamente correlacionadas.

Os investidores acreditam que o desempenho do mercado acionário japonês refletiu o status do país, uma subida no Nikkei devou a um fortalecimento do iene (o par cai USD/JPY).

O contrário também era válido. Sempre que o Nikkei caisse, o USD/JPY o cairia também.



Quando a crise financeira chegou, no entanto, as relações ficaram diferentes.

O Nikkei e o USD/JP, que costumava ser oposto, agora se move na mesma direção.

Incrível, não?

Quem pensaia que as ações poderiam ter algo a ver com o mercado cambial?

Bem, nós sabíamos, e agora você sabe também.

Correlação entre o USD/JPY e Dow

Vamos dar uma olhada na correlação entre o USD/JPY e o Dow. Baseado no que você leu acima, podemos supor que o USD/JPY seriam altamente correlacionados.

No entanto, se você ver o gráfico, verá que não é bem o caso. Embora a relação seja positiva, não é tão forte.


Dê uma olhada no Dow (linha azul).

Ele chegou a 14.000 no final de 2007 antes de cair em 2008. Ao mesmo tempo, o USD/JPY (linha laranja) também caiu, mas não de forma tão acentuada quanto o Dow.

Isso poderia servir como um lembrete de que devemos sempre levar em conta os fundamentos, a técnica e o sentimento de mercado, por isso leia sempre!

Não tome as correlações por garantias porque elas não são sempre certas.

Original: http://www.babypips.com/school/correlations-between-stocks-and-currencies.html

3.4 - EUR/JPY: O seu próprio termômetro de risco!



Como dissemos anteriormente, para que alguém investisse em um mercado em particular, seria necessário da moeda local para comprar as ações.

Você pode imaginar qual o efeito mercados como o Dax (O mercado de ações alemão) tem sobre moedas.

Em teoria, sempre que o Dax sobe, podemos provavelmente esperar que o euro suba também, pois os investidores precisam obter em mãos alguns euros.

Embora a correlação seja imperfeita, as estatísticas mostram que ela ainda mantém bastante precisão.

Nós aqui do Babypips fizemos uma pesquisa por nossa própria conta e descobrimos que o EUR/JPY parece ser altamente correlacionado com os mercados bolsistas de todo o globo. Você deve saber que o iene, juntamente com o dólar dos EUA são considerados portos seguros entre as principais moedas.

Sempre que a confiança na economia global está baixa, e os traders estão temerosos, nós geralmente vemos os traders retirar seu dinheiro das bolsas, o que leva uma queda nos valores do Dax e S&P 500.

Com o dinheiro saindo destes mercados, nós geralmente vemos que o EUR/JPY cai de acordo com os traders que saem das negociações das bolsas. Por outro lado, quando o sol é brilhante e o risco é baixo, os investidores colocam muito dinheiro em bolsas de valores, que por sua vez leva a um aumento no EUR/JPY.

Dê uma olhada na tabela abaixo para ver a correlação entre o EUR/JPY, o DAX e o S & P 500.





A correlação parece ter realizado bem esta última década, pois o EUR/JPY andaram constantemente juntos, até 2008, quando nós fomos atingidos pela crise financeira. No final de 2007, EUR/JPY tinha atingido seu ápice, fazendo grandes índices acionários.

Se você quiser ver dados os brutos por si mesmo, vá ao Yahoo! Finanças: http://finance.yahoo.com/

É um ótimo lugar para começar a fazer sua própria investigação.

O site oferece dados de preços históricos para quase todos os pares de moedas e mercados acionários.

Pode comparar preços históricos e montar seu próprio termômetro de risco.

Original: http://www.babypips.com/school/eurjpy-your-very-own-barometer_of_risk.html

3.5 - Quadro-Síntese da Análise Intermercados

Aqui nós vimos muitas correlações entre mercados, então vamos fazer uma rápida recapitulação. A ação do preço das moedas é geralmente conduzido por sua relação com produtos, títulos e índices de ações.

Original: http://www.babypips.com/school/intermarket-analysis-cheat-sheet.html

Sentimento de Mercado

1.1 - Qual é o Sentimento do Mercado?

Todo trader sempre tem uma opinião sobre o mercado.

"É um mercado de baixa! Está em alta!"



Cada trader terá sua própria explanação pessoal de porque o mercado se moveu em tal direção.

Quando operam, os traders expressam suas opiniões em suas negociações. Mas às vezes, não importa o quão convincente seja uma informação ou um sentimento sobre o preço, mas o trader manterá sua ideia, e perderá.

Um trader tem de perceber que o mercado global é uma combinação de todas as opiniões e ideias de todos os participantes do mercado. Isso mesmo... TODOS.

Esta combinação de pensamentos e ideias sobre o mercado é chamado de sentimento de mercado.

É o pensamento dominante ou ideia que a maior parte do mercado sente e que explica a atual direção do mercado.

Como desenvolver uma abordagem baseada em sentimento

Como um trader, seu trabalho é avaliar o que se está sentindo sobre o mercado. Os indicadores apontam condições de alta? Há muitos traders vendendo? Não poemos dizer ao mercado o que achamos que deveria fazer. Mas o que podemos fazer é reagir em resposta ao que está acontecendo no mercado.

Note que o uso do sentimento de mercado não dá uma entrada e uma saída precisa para cada operação. Mas não se desespere! Ter uma abordagem baseada em sentimento pode ajudá-lo a decidir se deve ir com o fluxo ou não. Naturalmente, você sempre pode combinar análise de sentimento de mercado com análise técnica e com a análise fundamental para chegar às melhores ideias de comércio.

Em ações e opções, os traders podem olhar para o volume negociado como um indicador de sentimento. Se o preço das ações tem aumentado, mas o volume está diminuindo, pode ser sinal de que o mercado está em sobrecompra. Ou se uma ação em declínio de repende reverte em alto volume, significa que o sentimento do mercado pode ter mudado de baixa para alta.

Infelizmente (para esta situação), o mercado cambial não é centralizado. Isso significa que o volume de cada moeda negociada não pode ser facilmente medido.



Oh Nãoooo!

Sem as ferramentas para medir o volume, como pode um trader medir o sentimento do mercado?

É aí que entra o relatório de Compromisso dos Traders!

Original: http://www.babypips.com/school/what-is-market-sentiment.html

1.2 - Relatório de Compromisso dos Traders

Relatório de Compromisso dos Traders: O Que, Onde, Quanto, Porquê e Como

A Commodity Futures Trading Commission, ou CFTC, publica o relatório de Compromisso dos Traders (COT) toda sexta-feira, por volta de 2:30 pm EST.

COT mede as posições de compra ou de venda tomadas pelos traders especulativos e traders negociadores, o que o torna um excelente recurso para avaliar como muitos desses jogadores do mercado estão posicionados.



Mais tarde, vamos deixá-lo conhecer esses jogadores do mercado. Estes são os grandes especuladores e traders de varejo. Assim como os jogadores em uma equipe de um esporte, cada grupo tem suas características únicas e papéis. Ao obserar o comportamento desses jogadores, você será capaz de prever mudanças no sentimento de mercado.

Você provavelmente está se perguntando: "Por que eu preciso usar dados do mercado de futuros em forex?"

"O mercado forex tem um relatório que mede quantas operações estão posicionadas?"

"Eu sou um trader de forex local! A atividade no mercado de futuros não me envolve."

Lembre-se, como forex é operado de modo descentralizado, as operações não passam através de um intercâmbio centralizado como o Chicago Mercantile Exchange.

Então, qual é a coisa mais próxima que podemos ter em mãos para ver o estado do mercado e como os grandes jogadores estão movendo seu dinheiro?

Sim você entendeu...

A partir do Relatório de Compromisso dos Traders do mercado de futuros.

Antes de usar o relatório em sua estratégia de negociação, você tem primeiramente que saber ONDE ir para obter o relatório e COMO o ler.

Original: http://www.babypips.com/school/commitment-of-traders-report.html

1.3 - Três passos para ter acesso ao Relatório COT

Passo 1

Abra o endereço abaixo em seu navegador:

http://www.cftc.gov/marketreports/commitmentsoftraders/index.htm

Passo 2


Uma vez que a página carregue, role para baixo a página pata encontrar "Current Legacy Report" e clique em "Short Format" em "Futures Only" na fila "Chicago Mercantile Exchange" para acessar o relatório COT.



Ampliada: http:*//www.*babypips.*com/school/images/freshman/legacy-report.*png

Passo 3

Pode parecer um pouco intimidante no início porque ele se parece com um bloco gigante de texto, mas com um pouco de esforço, você pode encontrar exatamente o que você está procurando. Basta pressionar CTRL + F (ou qualquer que seja a função de buscar do seu browser, se tiver dificuldades quanto a isso, baixe o Google Chrome e use esta função apertando a tecla F3) e digite a moeda que você deseja encontrar.

Para encontrar a libra esterlina britânica, ou GBP, por exemplo, apenas busque por "Pound Sterling" e você será direcionado para uma seção que é algo como isto:



Ampliada: http://www.babypips.com/school/images/freshman/contracts.png

Ué, mas o que é isto tudo? Não se preocupe, vamos explicar cada uma das categorias.

* Commercial: Estas são as grandes empresas que usam os futuros das moedas para cobrir e proteger-se de muita flutuação e de taxa de câmbio também.

* Non-Commercial: Esta é uma mistura de comerciantes individuais e instituições financeiras. Para a maior parte, estes são os traders que

procuram negociações por ganhos especulativos.

* Long: É o número de negociações de compra comunicado ao CFTC.

* Short: É o número de negociações de venda comunicado ao CFTC.

* Open Interest: Esta coluna representa o número de negociações que não foram exercidas ou entregues.

* Number of traders: Este é o número total de profissionais que devem comunicar as posições da CFTC.

* Reportable positions: O número de opções e posições de futuro que são requeridos para serem relatados de acordo com os regulamentos da CFTC.

* Non-reportable positions: As posições abertas dos traders que não cumprem os requisitos de trabalho do CFTC como traders de varejo.

Se você quiser acessar todos os dados históricos disponíveis, você pode vê-lo aqui:
http://www.cftc.gov/marketreports/commitmentsoftraders/CFTC009781.html

Você vê muitas coisas no relatório, mas não tem que memorizar tudo.

Como um trader local, você só vai se concentrar em responder à pergunta básica:

"Wat da dilly on da market yo?!"

Tradução: "Qual o sentimento do mercado esta semana?"

Original: http://www.babypips.com/school/3-simple-steps-to-access-the-cot-report.html

1.4 - Compreendendo os Três Grupos

A fim de entender o mercado de futuros, primeiro você precisa conhecer as pessoas que estão jogando e as que estão na reserva. Esses jogadores podem ser categorizados em três grupos básicos:

1. Traders comerciais (Hedgers)

2. Traders não-comerciais (grandes especuladores)

3. Traders de varejo (pequenos especuladores)

Traders Comerciais - Os Hedgers

Hedgers ou operadores comerciais são aqueles que querem se proteger contra variações inesperadas. Os produtores agrícolas ou agricultores que fazem o "hedge" (minimizar) do risco de mudança dos preços de mercadorias fazem parte deste grupo.

Bancos ou empresas que estão procurando se proteger contra mudanças bruscas dos preços em moeda ou outros ativos também são considerados traders comerciais.

Uma característica fundamental dos hedgers é que eles são mais otimistas nos fundos do mercado e mais pessimistas nos topos do mercado.

O que isso significa

Aqui está um exemplo real para ilustrar:

Um surto de vírus nos EUA transforma pessoas em zumbis. Zumbis fazem coisas mal-intensionadas, invadir Iphones alheios e colocar neles sons estranhos.

É um caos total como as pessoas ficam desorientadas e desamparadas sem os seus iphones funcionando normalmente. Isso deve parar agora antes que a nação se desfaça no esquecimento.



Os zumbis não são detidos com armas e balas. A única forma de detê-los é cortando suas cabeças.

A Apple vê uma "necessidade de mercado" e decide construir um exército Samurai privado para proteger os usuários vulneráveis dos iphones.

Ela precisa importar espadas samurai do Japão. Steve Jobs contata um ferreiro samurai japonês que pede para ser pago em ienes japoneses quando terminar as espadas após três meses.

A Apple também sabe que, se o USD/JPY cai, vai acabar pagando mais ienes pelas espadas.

A fim de proteger a si mesma, ou seja, proteger contra o risco cambial, a empresa compra fundos futuros de JPY.

Se o USD/JPY cai após três meses, o ganho da empresa sobre o contrato futuro compensariam o aumento do custo de transação com o ferreiro de espadas japonesas.

Por outro lado, se o USD/JPY aumenta após três meses, a perda da empresa sobre o contrato futuro seria compensado pela redução no custo do seu pagamento para as espadas samurai.

Os Grandes Especuladores

Em contraste com os hedgers, que não estão intencionados em lucros de atividades comerciais, os especuladores estão nele por dinheiro e não têm interesse em possuir o ativo subjacente.

Muitos especuladores são conhecidos como seguidores assíduos da tendência, uma vez que compram quando o mercado está em tendência de alta e vendem quando está em tendência de baixa. Eles mantém adicionando sua posição até que o movimento de preço reverta.

Grandes especuladores também são grandes jogadores no mercado de futuros, uma vez que detenham contas enormes.

Como resultado, as suas atividades comerciais podem causar um movimento drástico no mercado. eles normalmente seguem médias móveis e mantém suas posições até as mudanças de tendência.

Os pequenos especuladores

Pequenos especuladores, por outro lado, possuem menores contas de varejo. Estes são compostos por fundos de hedge e investidores individuais.

São conhecidos por serem anti-tendência e estão geralmente do lado errado do mercado. Por causa disso, eles são geralmente menos bem sucedidos do que hedgers e operadores comerciais.

No entanto, quando eles seguem a tendência, eles tendem a ser altamente concentrados em topos ou fundos.

Original: http://www.babypips.com/school/understanding-the-three-groups.html

1.5 - A estratégia de negociação COT

Como a COT sai semanalmente, a sua utilidade como indicador de sentimento de mercado seria mais adequada para o comércio a longo prazo.

A pergunta que você deve estar se fazendo é esta:

Como você transforma todo aquele bloco de texto gigante em um indicador de confiança que dará base para pegar alguns pips?

Uma maneira de usar o relatório COT na sua negociação é encontrar posições extremas de compra ou venda.

Encontrar essas posições pode sinalizar que uma reversão de mercado está próxima, porque se todo mundo está comprando uma moeda, quem poderá continuar vendendo?

Ninguém.

E se todo mundo está comprando uma moeda, quem a vende?

Quem seria?

Bastante calma...

Sim, isso é certo. NINGUÉM...

Uma analogia para manter em mente é imaginar alguém dirigindo por uma estrada e deparando com um beco sem saida. O que acontece se essa pessoa chegar ao beco sem saída? Não pode continuar por que não há mais estrada pela frente. A única coisa a fazer é voltar atrás.

Vamos dar uma olhada neste gráfico de EUR/USD:



Na metade superior, temos a ação do preço do EUR/USD acontecendo. Ao mesmo tempo, na metade inferior, temos os dados sobre as posições de compra e venda de futuros de euros, dividindo em três categorias:

* Traders Comerciais (azul)

* Grandes não comerciais (verde)

* Pequenos não comerciais (vermelho)

Ignore as posições comerciais, por agora, uma vez que estes são principalmente para cobertura, enquanto os pequenos não são tão relevantes.

Vamos dar uma olhada no que aconteceu no meio de 2008. Como você pode ver, EUR/USD declinou de julho a setembro. O valor das posições de venda líquidas de negociantes não comerciais (linha verde) caiu, assim como o EUR/USD. Em meados de setembro, posições de vendas líquidas atingiram um extremo de 45.650. Logo depois, os investidores começaram a comprar de volta os euros futuros. Enquanto isso, o EUR/USD subiu acentuadamente, de cercade 1,2400 para 1,4700!

Durante o próximo ano, o valor líquido da posição de futuros do EUR gradualmente se tornou positivo. Como esperado, o EUR / USD, eventualmente, seguiu o exemplo, até mesmo bateu um novo recorde em torno de 1,5100. No início de outubro de 2009 a posição futura de compra do euro atingiu um extremo de 51 mil antes da reversão. Pouco depois, EUR / USD começou a declinar também.

Santo Guacamole! Apenas usando o COT como um indicador, você poderia ter pego dois movimentos loucos de outubro de 2008 a janeiro de 2009 e novembro de 2009 a março de 2010.

A primeira foi em meados de setembro de 2009. Se você tivesse visto que as posições de venda dos traders especulativos estavam em níveis extremos, você poderia ter comprado EUR / USD em torno de 1,2300. Isso teria resultado em quase 2.000 pip-ganho em questão de poucos meses!

Agora, se você tivesse visto também que as posições líquidas de compra foram a um extremo em Novembro de 2009, você teria vendido EUR / USD e você poderia ter pego cerca de 1.500 pips!

Com esses dois movimentos, usando apenas o relatório do TC como um indicador de inversão de sentimento do mercado, você poderia ter pego um total de 3.500 pips. Muito bacana, né?

Original: http://www.babypips.com/school/the-cot-trading-strategy.html

1.6 - Procurando Topos e Fundos
Como você poderia ter adivinhado, lugares ideais para comprar ou vendar são aqueles momentos em que o sentimento de mercado é de um extremo.

Se você observar a partir do exemplo anterior, os especuladores (linha verde) e comerciais (linha azul) dão sinais opostos. Enquanto os hedgers compram quando o mercado está diminuindo, os especuladores vendem quando o preço desce.

Aqui está o gráfico novamente:



Ampliada:

Os hedgers são pessimistas quando o mercado se move para cima enquanto os especuladores estão otimistas quando o preço está subindo.

Como resultado, o posicionamento indica a direção da tendência especulativa, enquanto o posicionamento comercial poderia sinalizar reversões.

Se hedgers continuarem aumentando suas posições de compra, enquanto os especuladores aumentam suas posições de venda, um fundo pode estar à vista no mercado.

Se os hedgers continuarem acrescentando posições de venda, enquanto os especuladores continuam adicionando mais posições de compra, um topo pode acontecer no mercado.

Claro, é difícil determinar o ponto exato onde um extremo sentimento irá ocorrer para que ele possa ser o melhor de se determinar quando sinais de reversão forem vistos.

Poderíamos dizer que os especuladores, por seguirem a tendência, tomam a maior parte da decisão, MAS estão errados em pontos de inflexão.

Traders, por outro lado, perdem a maior parte da tendência, EXCETO quando o preço se inverte.

Até que um sentimento extremo ocorra, seria melhor ir com os especuladores.

A regra básica é: todos os topos ou fundos do mercado são acompanhados por um extremo sentimento, mas nem todos os sentimentos extremos resultam em topos ou fundos do mercado

Original: http://www.babypips.com/school/picking-tops-and-bottoms.html

1.7 - Seu Próprio Indicador COT

Usar o relatório COT pode ser bastante útil como ferramenta de procura de potenciais reversões.

Há um problema porém, não podemos simplesmente olhar para os números absolutos impressos no relatório COT e dizer: "Aha! Parece que o mercado atingiu um extremo... Vou vender e ganhar muitos pips!"

Determinar os extremos pode ser difícil porque as posições líquidas de compra ou venda não são todas importantes. O que pode ter parecido um nível extremo há cinco anos pode não ser mais um nível extremo este ano. Como lidar com esse problema?

O que se pode fazer é criar um índice que irá ajudá-lo a avaliar se os mercados estão em níveis extremos. Abaixo temos um "passo-a-passo" sobre como criar este índice.

1. Decida quanto tempo de um período você quer cobrir. Quanto maiores os valores maiores que nós colocarmos no, menos sinais de sentimento extremo vamos receber, mas o mais confiável será. Ter valores menores de entrada resultará em mais sinais, embora possa levar a mais falsos positivos.

2. Calcular a diferença entre as posições dos grandes especuladores e traders comerciais para cada semana.

A fórmula para calcular essa diferença é a seguinte:

Diferença = posição líquida de grandes especuladores - Posição líquida de comerciantes

Tome nota que, se os grandes especuladores estão comprando extremamente, implicaria que os operadores comerciais estão vendendo extremamente. Isso resultaria em um valor positivo.

Por outro lado, se os grandes especuladores estão vendendo extremamente, significaria que os operadores comerciais estão comprando extremamente e isso resultaria em um valor negativo.

3. Disponha estes resultados em ordem crescente, do mais negativo para o mais positivo.

4. Atribua um valor de 100 para o maior valor e 0 para o menor valor.

E agora temos um indicador COT! Ele é muito semelhante aos indicadores RSI e Stochastic que temos discutido em aulas anteriores.

Uma vez que tenhamos valores atribuídos a cada uma das diferenças apuradas, devemos ser alertados sempre que novos dados inseridos no índice demonstrar um extremo - 0 ou 100. Isso poderia indicar que a diferença entre as posições dos dois grupos é maior, e que uma reversão pode ser iminente.

Lembre-se, estamos interessados em saber se a tendência vai continuar ou se vai acabar. Se o relatório COT revela que os mercados estão em níveis extremos, ele iria ajudar a identificar os topos e fundos que nós gostamos tanto.

Original: http://www.babypips.com/school/your-very-own-cot-indicator.html

1.8 - Trabalhando com Números

Agora que sabemos como determinar sentimentos extremos, qual o seguinte? Lembre-se de que nem todo sentimento extremo resulta em um topo ou fundo no mercado, então vamos precisar de um indicador mais preciso. Calcular o percentual de posições especulativas de compra ou de venda seria uma medida melhor para ver se o mercado poderá ter um topo ou fundo.

A equação para o cálculo da %-de venda e da %-de compra é indicada a seguir:



%long: % de compra

% short: % de venda

Para ilustrar isso melhor, vamos voltar alguns anos e ver o que aconteceu com o futuro do dólar canadense.

Através dos relatórios COT lançados na semana que terminou em 22 de agosto de 2008, vemos que os especuladores fizeram 28.085 contratos líquidos de venda. Em 20 de março de 2008, foram 23.950 de contratos de venda líquida. A partir desta informação apenas, você diria que há uma maior probabilidade de um fundo no mercado uma vez que havia mais especuladores que estavam em venda naquele período.

Mas espere um minuto... Você não acha que seria fácil isso né?




Um olhar mais atento mostra que 66.726 contratos foram de venda, enquanto 38.641 foram de compra. Fora todas as posições especulativas em abril (66.726/ (38.641 + 66.726)), 63,3% foram posições de venda.

Por outro lado, havia apenas 5.203 contratos de compra e 25.875 contratos de venda em março. Isso significa que (25.875 / (25.875 + 5.203)) 83,3% das posições especulativas foram posições vendidas durante este período.

O que isso significa? Há maior chance de que um fundo ocorra quando 83,3% de todas as posições especulativas sejam de venda ao invés de apenas 63,3%.

Como você pode ver no gráfico, o fundo de fato não ocorreu por volta de agosto de 2008, quando o dólar canadense valia cerca de 94 centavos do dólar americano. O dólar canadense continuou a cair nos próximos meses. Com o tempo, em março a relação de venda bateu 83,3%, o dólar canadense tinha feito um fundo de 77 centavos de dólar dos EUA. Então o que aconteceu? Ele começou a subir de forma constante! Um fundo do mercado? Sim, você entendeu.

Original: http://www.babypips.com/school/getting-down-and-dirty-with-the-numbers.html

1.9 - Resumo: O Sentimento do Mercado



Será que esses movimentos de milhares de pips motivam você?

antes de começar a apostar a fazenda com base em nossa análise do relatório COT, lembre-se que aqueles eram apenas casos específicos de quando o relatório COT sinalizou uma reversão perfeita de mercado.

A melhor coisa a fazer seria voltar e tentar olhar razões pelas quais uma reversão ocorreu.

Foi a expansão da economia?

Ou foi no meio de uma recessão?

Lembre-se, o relatório COT mede o sentimento dos traers durante um período específico de tempo. Como todas as outras ferramentas na sua caixa de ferramentas, usar o relatório COT como um indicador nem sempre será relacionado a mudanças de mercado. Portanto, tome tempo para estudar o relatório e obter a sua própria sensação sobre o que funciona e o que não funciona.

Além disso, antes de terminar esta lição, tenha sempre em mente que os preços de mercado não são medidos apenas por relatórios COT, Stochastic, Níveis Fibonacci, etc.

Os mercados são movidos por milhões de pessoas reagindo à análise econômica, relatórios fundamentais, política, aos ataques do godzilla, avistamentos de OVNIs, shows da Lady Gaga - a vida em geral! É assim que você usará as ferramentas que o ajudará a preparar-se para o futuro.

Em conclusão...

* Como traders, é nosso trabalho avaliar o sentimento do mercado.

* Uma maneira de avaliar os movimentos extremos do mercado é por meio do Relatório de Compromisso dos Traders.

* Ao entender as atividades dos três grupos de operadores (operadores comerciais, não comerciais e de varejo), podemos encontrar-nos em melhores posições para a procura de topos ou fundos.

Lembre-se, todos os topos ou fundos do mercado são acompanhados pode um sentimento extremo, mas nem todos os sentimentos extremos resultam em topos ou fundos do mercado.

Original: http://www.babypips.com/school/summary-of-market-sentiment.html